Make your own free website on Tripod.com

O caminho para uma boa vedação.

 

 

A princípio é preciso ter uma boa estrutura para que se tenha uma excelente superficie final. Mesmo que seja a construção feita em madeira com cavernas ou quando recortado em blocos de isopor.

É bastante evidente que um flutuador montado em madeira está mais sujeito á penetração de água em seu interior, situação nada agradável quando estamos na beira de um lago e longe da oficina.Quando isto ocorre será preciso escorre a água e deixar o flutuador atingido pendurado por alguns dias com o furo voltado para baixo,para que a água escorra completamente do interior.Assim é possível a restauração com sucesso. A estrutura interna deve ser préviamente estudada com compartimentos estanques.

Em ambos os casos é necessário a colocação de um bom e leve impermeabilizante, que ofereça uma superfície plastificada e altamente resistente.

Quando a superfície for de madeira é melhor primeiro revestir a parte inferior frontal com uma camada de compensado de 0,8 ou 0,5 mm. A aplicação da camada impermeabilizante se fará com a aplicação de várias camadas de dop ou selador para madeira.Uma vez seco aplica-se um nylon fino não esticado diretamente sobre a superfície do flutuador envolvendo-o completamente por todos os lados. O ideal é pontilhar o nylon com gotas de cianocrilato e após alicar uma camada de resina de fibra de vidro ou então aplicar uma película de epoxi natural ou diluido em um pouco de álcool. Uma vez seco procede-se uma cuidadosa lixagem deixando a superfície completamente lisa para a aplicação de tinta sintética. Não é muito recomendável a aplicação de termo-adesivos pois tendem a descolagem. O termo-adesivo funciona bem,porém tende ao empolamento constantemente.

Veja a figura abaixo:

Neste caso a superfície é feita em isopor,assim aplicaremos como impermeabilizante uma camada de epoxi seguida tão sómente por uma camada de resina de fibra de vidro. A aplicação sempre começará pela região centra e será conduzida ao espalhamento em camada uniforme em direção ás beiras.O espalhamento pode ser efetuado com o auxílio de um pedaço de cartolina.Tão logo esteja curado será lixado e atá conseguir uma superfície lisa para a aplicação de pintura sintética. É recomendável a aplicação de um primer.

Na foto acima: aplicação e espalhamento de resina epoxi.

Durante a aplicação deve-se tomar cuidado com a proteção dos encaixes dos suportes dos montantes dos flutuadores para que não sejam invadidos pela resina.O que tornaria impossível a retirada e certamente inutilizará o conjunto.