Make your own free website on Tripod.com

Hélices - Tanques de combustível - Equipamento de campo.


HÉLICES
As hélices são referidas por diametro (distancia de uma ponta a outra ) e pelo passo
-( distancia teórica que deveria percorrer a cada volta, se o ar fosse sólido) . Os fabricantes de motores, dão junto as instruções de uso, sugestões a respeito do tamanho de hélice. Mesmo assim depende do tipo de modelo e das experiencias feitas. Normalmente as hélices são construídas com diferentes tipos de materiais : madeira, nylon, fibra de vidro e de carbono.
Para competições sérias os modelistas usam hélices de madeira. São muito eficientes e rígidas. Devem ser preparadas com alto acabamento. Uma grande desvantagem : quebram-se com uma parada brusca causada pelo toque da ponta no solo, durante a aterrissagem. Assim tornando o voo dispendioso. As hélices de nylon são muito mais resistentes e sua quebra é pouco provável num pouso, salvo batendo com o nariz severamente contra o solo com o motor funcionando. Tais hélices tem grandes desvantagens. Muita flexibilidade, o passo tende a variar em voo e sua eficiencia em consequencia diminui, em comparação com a hélice de madeira. Essa deficiencia não é muito séria para modelos de voo esporte. Outra desvantagem e perigo, é na fabricação.
Durante o processo de moldagem é possível a formação de bolhas internas no nylon. Embora tais bolhas tenham sido bastante eliminadas, não o foram na sua totalidade. Na compra da hélice é impossível saber os detalhes referentes a sua segurança e o quanto pode resistir. O melhor a fazer é colocar a hélice num recepiente com água fervendo, deixá-la ferver por quinze minutos, este processo removerá completamente a fadiga interna.
Sempre lide com muito respeito com as hélices de nylon, pois elas podem quebrar a qualquer minuto. Cuidado, em tempo frio, jamais pare na linha do disco projetado pela hélice, enquanto o modelo está no solo. Durante a fase de regulagem do motor acerque-se por traz, se este estiver usando hélice de nylon. Se a hélice desintegrar será um considerável risco, pois a pá pode ser projetada contra o seu rosto.


TANQUES DE COMBUSTIVEL
Os tanques de combustível usado sem R/C sao do tipo "CLUNK". Recebem esta denominação por causa de um peso colocado na ponta de um tubo flexível. O desenho básico do tanque tipo "CLUNK" é variado e somente nos últimos anos lhes foi dada a devida importancia. Até então os modelos de tanques de R/ C tinham sofrido poucas melhorias. A operação do "CLUNK TANK" é por si só evidente.
Entretanto poucos imaginam quais os problemas encontrados. Um destes problemas é a dificuldade de conseguir o material certo para a linha flexível de alimentação, quando são usados combustíveis com alto índice de nitro. Não concordo em aumentar a espessura da parede. A correção no ajuste da profundidade é muito importante na flexibilidade. Arqueando quando sobre o dorso ou inclinado, assim pescando e suprindo o motor com combustível. Olhe bem o tubo flexivel, porque um diminuto furo na linha de combustivel causará muitas perturbações no funcionamento domotor.
O posicionamento do tanque em relação ao motor é muito importante. Primeiro o tanque será localizado em compartimento fechado. Segundo ficará o mais próximo possível da parede de fogo. Assim a linha de combustível será o mais curta possível e pode manter uma reta, pois uma curva mais acentuada pode cortar a alimentação do motor devido a uma quebra.
É muito importante o fato de relacionar a linha central do tanque com a do carburador. Os motores alteram muito com a variação de combustível entregue. Uns são menos sensíveis e outros sao mais críticos. Os motores de alta performance , com largas tomadas de ar e sucçãO pobre,são extremamente críticos. Com o tanque montado na linha do carburador, o motor pode ter dificuldades na partidam porque fica afogado. Neste caso tende ao funcionamento
rico na primeira parte do voo. Com a alta posição do tanque de combustível, voce terá de baixar um pouco a cauda do modelo precavendo-se do afogamento. Esta relação de altura descrita acima, por experientes aeromodelistas, é um pouco critica, e incômoda. Podemos evitar isto deslocando a linha central do tanque até 3/8" , mais abaixo em relação a linha central do carburador.
Um grande auxílio para motores de baixa sucção é usar um tanque diferente, isto é, sistema de combustível pressurizado. Os motores atuais e os silenciadores vem supridos de um "NIPPLE" onde voce pode fixar um tubo de silicone ou similar ligando-o a tomada de ar do tanque. A linha que voce usa para efetuar o abastecimento deve ser fechada hermeticamente. Para isto coloque um parafuso inflado neste tubo flexivel. O motor funcionando com a pressurização criada pelo silenciador manterá o combustível com boa pressão positiva durante o voo. O resultado será o funcionamento perfeito do motor , em qualquer atitude de voo.
Outra origem de mau funcionamento do motor , é a insuficiencia, causando muitas frustrações. Originado por sujeira na agulha, entupindo o pequeno orifício. Uma maneira de limpar a obstrução do orifício vaporizador é jorrando combustível sob pressão. Para isto retire a agulha e faça a operação pelo mesmo lugar da tomada de combustível pelo motor. Use filtrar o combustível antes de ir para o campo. Filtre-o duas ou tres vezes. voce pode colocar um filtro no lugar do peso no interior do tanque, mas lembre-se que deve ter o peso compatível com o que voce retirar.
Outra solução, será colocar o filtro entre o tanque e o carburador.


EQUIPAMENTO DE CAMPO
Apesar de toda excitação em aprender a voar o seu avião , a preparação dos instrumentos e sobressalentes é muito necessária para o voo no campo.
A maior parte dos aborrecimentos ocorre no campo de voo, e esse encontro dar-se-á quando voce tiver chegado ao campo e verificar que esqueceu de uma parte vital do seu equipamento. O ideal é voce fazer uma lista escrita ou pintada num dos lados da sua caixa de campo, protegendo-a com uma cobertura plástica. Faça um cheque do conteúdo,antes de voce fechá-la, assegurando-se que nada falta.
Assim não ficará sujeita ao maior desastre no campo de voo.
Consegulr uma boa caixa de campo é de primária importancia embora eu tenha que admitir , é a pior ofensa para mim. Gosto de chegar ao campo de voo com o mínimo de acessórios possível.


Aqui estão os itens de equipamento e ferramentas necessárias :
(1) - Modelo completo, transmsisor, antena e bandeira de freqüencia.
(2) - Alicate, cortador de arame, chave de fenda grande, chave de fenda pequena, chave de vela, chave de fenda hexagonal, lima pequena, lamina de corte, cimento para a balsa, cola rápida epoxi, porcas e parafusos, arruelas, clips, alfinetes, fio de nylon e lápis. Um garrafa com detergente para limpar o modelo, um pano limpo e toalhas de papel.
(3) - Combustível coado, abastecedor de combustível,seringa de injeção para combustível, bateria bem carregada,cabo de vela com engate rápido, velas sobressalentes, hélices de reserva, "start" e proteção de couro para os dedos.
(4) - Borrachas, durex, e, chumbo para ajustes de balanceamento.
(5) - Para mono canal somente : borrachas para a asa e escapamento, compensado para calços de asa e grupo de cauda (.8 mm 1,0 mm e 1,5 mm). Lamina de alumínio fino para construir os compensadores. Bateria de reserva para o receptol.
(6) - Se seu clube ou grupo não fornece recursos, leve estanho e pasta para estanhar. Lixas para ferro a seco, podem ser úteis.
(7) - Você pode levar, para você, líquidos refrescantes ao seu gosto. Leve água para beber.
(8) - Mercúrio, algodão, esparadrapo e curativos.


Caixas de campo podem ser de dois tipos, uma existente no mercado é pequena e compacta. Externamente dá facilldade para descansar o modelo no seu topo para dar a partida. O outro tipo é muito grande, de forma não muito bem elaborada, com compartimentos não muito capazes de serem aproveitados, não por má utll1zação. Para o modelo sobra espaço. A caixa de ferramentas de metal e com tampa de dobradiças são ruins por causa da bandeija, por exemplo. Caixas de bagagem para bebés podem ser lncluídas. O único impedlmento certamente será a sua esposa. As caixas plásticas com sustentadores de metal, possuem bandeijas e requerem pequenas adaptações, de acordo com as necessidades.

Bibliografia:Fonte: "Manual Rádio Controle Primário e Avançado" *** Autor: Clair Ebersol González

Introdução ao princípio e avanço do rádio controle e modelos de aeronaves motorizadas.